terça-feira, 19 de julho de 2016

Blood Sisters (2000)


A.K.A Senketsu no kizuna: Kichiku reipuhan o shinkan saseta shimai (2000)

Se você odeia ver mulheres sendo humilhadas e estupradas por uma gangue de homens sádicos, é aconselhável que você fique bem longe desse filme ! "Senketsu no kizuna" é um filme insano carregado com muita violência, humilhação, estupro coletivo e gore !


Por outro lado... se você curte filmes como I Spit on Your Grave, Thriller A Cruel Picture, Viagem Macabra ou qualquer outro filme com fortes cenas de estupro e vingança, provavelmente, esse título vai ocupar uma posição importante na sua lista de favoritos sobre o tema. principalmente, se você for muito fã de filmes asiático.

SENKETSU NO KIZUNA é um filme japonês de rape/revenge dirigido por Daisuke Yamanouchi (Muzan-E). Foi distribuído inicialmente pela JVD no ano 2000 e mais tarde, pela TWISTEDANGER com o título americano "Blood Sisters" no formato DVD, com áudio original japonês e Trailer de outros filmes dirigido por Daisuke. 


Para quem ainda não sabe o que é Rape and Revenge, em poucas palavras, se trata de um subgênero cujo significado está em sua própria tradução. A grande maioria deles (para não dizer todos), são filmes underground voltado mais para o gênero Sexploitation, mas isso não é exatamente um regra a ser seguida. Um bom exemplo de filmes rape/revenge, é o remake do clássico "Doce Vingança" que todo nós já conhecemos muito bem.

A linha do tempo de um filme Rape/revenge, começa quando a vítima é estuprada por um ou mais homens. A vítima é dada como morta após ser violentada sexualmente e deixada para morrer no local do crime. Na metade do filme em diante, ela sobrevive e está com sede de vingança e muito mais forte que no começo do longa. O que se segue é a morte de cada um dos estupradores, deixando quase sempre, o líder para o final. Esse filme mostra exatamente isso, porém, existe um segredo que envolve as duas irmãs.

A história do filme começa no presente, onde uma garota convida um homem para entrar em uma casa perto de lugar nenhum. Eles falam algumas coisa em japonês, algo que obviamente, um brasileiro como eu não seria capaz de entender (devido a falta de legendas). O que se segue é uma cena de sexo extremo, deixando evidente que se trata de um estupro e não de uma relação amorosa. Em um certo momento, ele masturba ela com tanta violência que seus dedos ficam cheios de sangue vaginal. A diversão dele só termina quando a "irmã de sangue" da vítima mata o estuprador, com uma facada em sua boca e um corte visceral em sua barriga. 


Depois que o nome do filme surge na tela, BLOOD SISTERS começa no seu ponto inicial (a introdução na verdade, é um fragmento de uma das cenas finais). 

Em uma floresta longe da civilização, duas garotas estão fotografando o lugar. Quando uma delas tropeça e machuca o tornozelo, as duas decidem seguir caminho por uma trilha, onde acabam se deparando com um grupo de amigos dirigindo uma van. Um dos rapazes insiste em dar caronas para as duas irmãs, mas elas se recusam a ir com eles. Ele leva a garota machucada para dentro da van contra a vontade dela, fazendo com que sua irmã fique sem saída, a não ser pegar carona com os estranhos bons samaritanos.

Eu queria poder dizer que a viagem das duas irmãs foi agradável, mas na verdade, foi um verdadeiro inferno ! Quatro adolescentes se encontravam dentro da van, um mais nojento e maluco que o outro. Acho que essa foi uma das poucas vezes que eu desejei entrar no filme para resgatar as pobre vítimas. Estava mais do que evidente que as duas seriam violentadas sexualmente, isso pode ser excitante para uns e deprimentes para outros. no meu caso, acho que foi um pouco das duas coisas.


A principal característica de Daisuke Yamanouchi, é a mistura de erotismo e extrema violência em seus filmes, Tanto é que BLOOD SISTERS mostra várias cenas de sexo dentro de seus 67 minutos de duração. As duas irmãs são levadas até um cativeiro onde sofrem um abuso coletivo. Os quatro  adolescentes selvagens se revezam para estuprar as duas sem nenhum pudor. Enquanto um deles cometem o abuso, o restante do grupo se masturba aguardando ansiosamente pela sua vez. A cena é forte e bem realista, com direito a uma pitada de humor negro (quando um dos estupradores ejacula acidentalmente na direção de seu amigo e apanha.)

Depois de uma série de estupro, humilhação e tortura (que incluem colocar pedras dentro da bunda da protagonista e um banho com sangue e vísceras), o líder da gangue marca a testa da vítima com um "X" e larga as duas no local. O restante do filme se cruza com a cena inicial, onde elas estão caçando cada um deles para praticarem a sua doce vingança.


Todos os clichés rape/revenge estão presente aqui, temperados com o que há de mais terrível em filmes CAT III Category e tudo funciona muito bem. Se você não conhecia ainda nehum filme deste insano diretor, eu recomendo fortemente o filme Celluloid Nightmares para ficar a par sobre o lado pervertido de Daisuke Yamanouchi. Agora para quem apenas procura um filme com desfecho tão misterioso como este, veja A Tale of Two Sisters e divirta-se ! ;)

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Sexual Parasite : Killer Pussy (2004)


Sexual Parasite: Killer Pussy (Kiseichuu: kiraa pusshii ou "A buceta Assassina" em tradução livre) é um daqueles filmes que nem precisa de uma sinopse para chamar a nossa atenção. Mesmo para quem não curte filmes de terror japoneses ou quaisquer bizarrices do gênero, o título pode causar uma certa curiosidade sobre o que gira em torno dele. Pois bem... se você imaginou um monstro parasita que mora dentro de uma vagina e sai para matar pessoas, parabéns, você acertou em cheio !


O filme começa no Amazonas (tinha que ser...) onde um casal de exploradores japoneses estão procurando o lendário "Aparache no Mogeto". Ora, mas que diabos é um Parache no Mogeto? De acordo com algumas pessoas, essa coisa teria o poder de "Rasgar a terra". Achou complicado? Então vamos simplificar as coisas com uma descrição extraída do próprio filme :

O nome científico disso é "Vagina Dentata", no Japão é conhecida como "Namazu". Namazu é outra variação desse parasita. A "Vagina Dentata" sobrevive entrando na vagina da mulher e vivendo dentro dela. Em seguida, ela cresce e espera para se alimentar de presas. Ela reside dentro do corpo e esse hospedeiro não pode ser removido facilmente. A única forma de remove-lo é com um choque elétrico.

Eu não sei se esse estranho peixe que vive nas profundezas do rio Amazonas realmente existe, evitei pesquisar sobre o tema por medo de encontrar algumas fotos de vaginas bizarras ou cirurgia vaginal no google imagem (por incrível que pareça). Quem souber alguma coisa a respeito, por favor, deixe um comentário abaixo.


Quando a dupla de exploradores formada por Maruhi Suisan e Jujo Sayoko capturam o "Aparache no Mogeto", eles são interrompidos por um curandeiro que destrói a caixa de isopor onde está o espécime, fazendo um grande buraco na parte superior. Para evitar a fuga do lendário parasita, a inteligente bióloga marinha Sayoko senta sobre o buraco e a criatura penetra o corpo dela, em um lugar que eu não preciso mencionar...

Um ano depois no Japão, um grupo de cinco amigos que viajam em uma van, acabam tendo sua viagem interrompida quando o veículo parar misteriosamente no meio da caminho. O quinteto percebem que seus celulares estão sem sinal. Eles resolvem sair para procurar ajuda e acabam encontrando uma casa no meio do nada. Pois é... todos os clichés dos filmes de terror clássicos estão presente aqui e o diretor orgulhosamente, deixa isso bem claro. Eles consomem drogas no local e fazem sexo como na maioria dos filmes de terror voltado para o público adolescente.


A farra só termina quando o cadáver de Jujo Sayoko é liberado do congelador, para o azar de dois adolescentes idiotas que só queriam procurar alguma coisa para comer. O resto você já sabe... os desaventurados jovens vão morrendo um a um até algum deles elevar o seu instinto de sobrevivência ao extremo !

A minha expectativa para assistir KILLER PUSSY era muito grande, pois eu sou um grande apreciador de exploitation japoneses. Eu não cheguei a me decepcionar com o filme, apenas não foi bem o que eu esperava ! O filme é "tosco" do começo ao fim e quando tudo acaba, dificilmente alguma coisa vai ficar na sua cabeça por algum tempo (isso é tão verdade que precisei assistir ele novamente para compor essa resenha). Sou totalmente contra quando uma pessoa crítica as atuações de atores em filmes de baixo orçamento, mas nesse caso não tem como fugir. A maioria dos atores são ruins, mesmo levando em conta que o filme é trash. Sobre a qualidade dos efeitos especiais, deixarei que as imagens deste artigo falem por elas mesmas.

Esse foi o primeiro filme de Takao Nakano que eu tive o prazer em assistir. Por falar em "prazer"... KILLER PUSSY pode pecar muito no elemento "terror", mas ele não fica devendo em nada quando o assunto é o erotismo. A melhor coisa desse filme, talvez, seja a sua ideia original (que não é tão original assim para quem já viu "A camisinha Assassina" de 1996).


Apesar dos pontos negativos e de suas falhas, SEXUAL PARASITE é um bom filme para quem já curtiu muito os filmes trash da década de 80. Ele contém mais cenas de sexo do que sangue (tanto é que eu só consegui encontrar ele em um site pornô). Vou ficar bem de olho na filmografia deste insano diretor, quem sabe ele tenha algum outro filme que possa me surpreender no futuro?

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Excision (2012)


Sinopse: Excision gira em torno da história de uma perturbada e desiludida estudante, cujas aspirações na carreira de medicina vão ao extremo para ganhar a aprovação de sua mãe controladora.


Pauline (Annalynne McCord) é uma adolescente problemática que sonha em seguir uma carreira na medicina. Ela é dona de um visual excêntrico e de uma personalidade doentia, algo que a faz recorrer com frequência a um psiquiatra. Se a aparência externa dela não é bonita, a interna é pior ainda. Pauline tem sonhos bizarros baseado em cirurgias, orgia com cadáveres e banho de sangue. 

Os personagens secundário da trama são os pais da protagonista e a sua irmã. Bob (Roger Bart) é um homem que literalmente, é dominado pela mulher e não participa na vida de suas duas filhas. Ele salvou Pauline quando ela quase se afogou em uma piscina, algo que a fez contrair uma herpes no lábio quando ele fez respiração boca-a-boca nela. Phyllis (Tracy Lords) é a chefe da família e está em constante conflito com sua filha e o seu marido Bob que "não faz nada". Apesar da mãe de Pauline viver sempre brigando com a sua filha, ela quer sempre o melhor para ela. A última personagem não menos importante é Grace (Ariel Winter), ela sofre de fibrose cística, uma doença genética que afeta principalmente os pulmões, pâncreas e o sistema digestivo. Pauline possui um amor muito grande pela sua irmã Grace e faria qualquer coisa para salva-la.


A história do filme gira em torno do convívio familiar da protagonista e suas fantasias psico-sexuais que se manifestam através de seus sonhos. Como todos nós já sabemos, ciência e religião não se misturam e Pauline sabe disso melhor do que ninguém já que ela é ateia. Ela também fala diversas blasfêmia durante o filme em seus momentos de orações (detalhe para a cena em que ela fala para o seu "psicológico" reverendo William, que encontrou o túmulo de Jesus Cristo em seu quintal e que com alguns pequenos recursos de ciência e tecnologia, ela mesma poderia ressucita-lo !).

Porque devemos assistir EXCISION? Como ele se trata de um filme mais voltado ao gênero Thriller, aqui não existe um serial killer ou o assassinato de uma família inteira. A proposta do filme é mostrar o drama de uma família desestruturada, focando principalmente, na relação entre mãe e filha e o conflito gerado pelo comportamento rebelde de Pauline. Mesmo como essa premissa à la "Sessão da Tarde", o filme possui cenas chocantes e perturbadoras com um final tão impactante que funciona como uma bomba ! Se você já assistiu Kill List ou The Woman, sabe exatamente qual é a sensação de ver uma família sendo "destruída" nos minutos finais de uma película.


Finalizando, EXCISION é um terror psicológico sobre uma garota esquisita que está se iludindo em uma carreira na medicina, ela pretende ser uma grande cirurgiã para no futuro, quem sabe, salvar a sua irmã Grace. O único problema de Pauline é que ela tem uma apreciação muito desagradável pela morte, vivendo sonhos surrealistas e eróticos cujo tema principal é a necrofilia. Para se ter uma idéia do quanto essa garota é perturbada, ela pretende perder a virgindade durante o seu período menstrual devido o simples fato disso ser algo bem doentio. Não pense nela como uma versão de "Carrie a Estranha" que sofre bullying no colégio, Pauline tem uma personalidade forte e sinistra como as irmãs Fitzgerald em Ginger Snaps

Para os interessados em filmes de terror sanguinolentos, este título pode conter algumas "falhas", mas para quem busca um drama com um final revoltante e perturbador, EXCISION merece um espaço importante na sua lista de filmes para se ver no final de semana.


Curiosidades :

Este é o primeiro longa metragem de Richard Bates Jr (também conhecido como "Ricky Bates") e já conquistou 9 prêmios e 12 indicações, em festivais como Boston Underground Film Festival 2012, Fangoria Chainsaw Awards 2013 e entre outros.